Aleitamento Materno: Peito ou mamadeira

Faça este momento especial para você e seu filho

Quando é preciso recorrer a ajuda da mamadeira, o que fazer?
Em alguns casos, a mãe e o bebê não conseguem o aleitamento materno. Não se sinta culpada. Isso pode acontecer em algumas situações, e às vezes, além do seio materno, precisa de complementação da mamadeira.
O melhor a fazer é tentar reproduzir ao máximo o aleitamento materno, mesmo se for o pai a dar a mamadeira para o bebê!

Então, não se esqueça que quando o bebê mama no peito, ele nunca está totalmente deitado, e sua cabeça encosta no seu peito ouvindo o seu coração. O bebê, quando deita, não consegue uma boa postura de língua para deglutir, e acaba fazendo errado, que na posição de amamentação materna, o bebê fica ligeiramente sentado, e isso impede o leite de ir para o canal do ouvido (não provoca otites) e o leite entra na boca, permitindo que sua língua encoste no palato na posição correta para engolir ( quando ele quiser engolir). Quando está deitado, o bebê engole rapidamente sem ter muita chance de degustar, e sua língua fica muito mais à frente do que deveria, o que provoca má postura; mais tarde isso pode resultar num problema de fala ou deglutição errada.

Não se esqueça de que existem dois peitos, ou seja, 1º colocamos o bebê de um lado e depois do outro; isso ajudará a desenvolver os músculos e percepção dos dois lados da face. Quando for dar a mamadeira, se você for destra ou canhota, não importa, coloque primeiro de um lado no colo até a metade da mamadeira, e depois vire-o para o outro lado. Isso evitará que desenvolva mais os músculos da face de um lado do que do outro, evitando no futuro, algumas mordidas cruzadas (erradas) e o uso de aparelhos ortodônticos, além de ajudá-lo no desenvolvimento de lateralidade.

O bico da mamadeira deve ser o mais parecido possível com o bico do seio! Prefira os ortodônticos. Quando o bebê apreende o bico do seio da mãe, ele dobra para cima e faz com que o leite ao sair atinja seu palato; então você deve procurar um bico que favoreça essa posição.
Dê preferência aos de silicone que são mais resistentes e de mais fácil higienização.
Caso seu bebê não queira no começo, alterne com o de látex até que ele aceite o de silicone. Se não for possível o uso de silicone, pode se usar o de látex mesmo. Só preste atenção no prazo de validade dos bicos.

Na amamentação por mamadeira, a criança movimenta metade dos músculos em relação ao aleitamento materno. Para aproximar mais da amamentação na mãe, é preciso fazer um furo bem pequeno, onde o bebê faça força ao sugar e com isso consiga um melhor desenvolvimento muscular! Não tenha pressa para que ele mame rápido, mas também não deixe que ele use a mamadeira como chupeta.
E até que idade deixar a mamadeira?
Como acontece no aleitamento materno, até quando o bebê conseguir usar um copo ( por volta de 11 meses e 1 ano de idade). Pode não ser muito prático no começo, mas lembre-se de que ele precisa dessa atenção somente nesse pequeno período de sua vida, então faça um esforço e o ajude a começar no copo, gradativamente, assim que puder.

Pode se utilizar os copos que têm bico para essa transição, e não se esqueça, mamadeira na cama por toda a noite JAMAIS!
Não deixe que seu bebê utilize a mamadeira como chupeta ou ande pela casa com ela na mão ou na boca.
A hora de mamar deve ser como na hora de se alimentar. Existe o momento de sentar, comer, acabar e levantar. Assim deve ser o momento de mamar; para que seu filho se acostume com o hábito de alimentação correta!

Para retirar a mamadeira, vá com calma, veja as necessidades do seu bebê. Não deve ser de uma hora para outra. Não se esqueça que a mamadeira veio para substituir o seu peito, e isso significa que, para seu bebê, ela é como se fosse um prolongamento de você! Então deve ser retirada de forma lenta e gradativa para que o seu bebê não sofra. Se houver dúvidas, fale com o pediatra, o odontopediatra, ou se preferir, com o psicólogo infantil.

Veja Também:

  • Depressão pós-parto: Consequências para o bebêDepressão pós-parto: Consequências para o bebê Quais as consequências da depressão pós-parto no bebê? A mãe e o bebê constituem uma dupla indivisível em constante interação. Se a mãe está deprimida não consegue exercer a sua função […] Posted in Pais e Filhos
  • Sucos que ajudam a perder barrigaSucos que ajudam a perder barriga Eles realmente funcionam? Na hora de perder peso toda ajuda é bem vinda. Quem está brigando com a balança não abre mão de uma boa dieta, academia e muita força de vontade. Mas e os […] Posted in Dietas
  • O prazer de Ser Pai apesar do turbilhão da vidaO prazer de Ser Pai apesar do turbilhão da vida O Dia do Pai está chegando. As iniciativas nas escolas multiplicam-se. O comercio aproveita a ocasião e nós também... Para o fazer refletir sobre como gostaria que fosse o seu Dia do […] Posted in Pais e Filhos
  • DermatologiaDermatologia Especialidade médica que se ocupa do diagnóstico e tratamento clínico-cirúrgico das doenças que acometem a pele. Engloba ainda as doenças que acometem os anexos cutâneos: cabelos e unhas, […] Posted in Especialidades

Deixe uma resposta