Alimentação Saudável: O Guia Completo para uma Vida Plena

Guia Completo para uma Vida Plena

Quer saber como se alimentar melhor e aumentar a sua qualidade de vida? Então, confira essas dicas exclusivas que separamos para você!

Manter uma alimentação saudável talvez seja um dos segredos para se viver mais, seja em questão de tempo ou de qualidade.

Quanto a isso não há dúvidas, afinal, existe uma relação clara entre saúde, nutrição e saúde bem-estar físico e mental, concorda?

Mas, e você leva esse aspecto da sua vida a sério? Como anda a sua alimentação? Você é o tipo de pessoa que se preocupa em como ter uma alimentação saudável para emagrecer ou adota um estilo de vida saudável sempre?

Bom, esperamos que você realmente se preocupe com sua saúde e bem-estar e nesse sentido, a alimentação é de suma importância.

Pesquisas na área apontam que a boa alimentação exerce um papel essencial na prevenção e tratamento de diversas doenças.

Aliás, há milhares de anos, Hipócrates já afirmava: “que teu alimento seja teu remédio e que teu remédio seja teu alimento”.

É isso mesmo! O equilíbrio na dieta é um dos motivos que permitiu ao homem ter vida mais longa ao longo dos séculos.

Porém, com a correria da vida moderna, sabemos o quão difícil é seguir uma dieta balanceada, não é mesmo?

Mas, para lhe provar que é possível sim ter um cardápio semanal saudável e prático, a seguir mostraremos algumas dicas de ouro para se manter saudável. Vamos lá?!

ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL REQUER COMER FRUTAS E LEGUMES


Você já se perguntou sobre realmente o que é alimentação saudável? Bom, podemos definir como sendo uma dieta equilibrada.

Assim, a alimentação saudável deve fornecer nutrientes básicos como: água, carboidratos, proteínas, lipídios, vitaminas, fibras e minerais.

Esses são chamados de nutrientes essenciais, que são insubstituíveis e indispensáveis para o bom funcionamento do organismo humano.

Por isso, incluir frutas, legumes, verduras e vegetais é uma ótima maneira de se manter saudável ao longo dos anos, considerando a rica gama de nutrientes presentes nesses alimentos.

ARROZ E FEIJÃO, NOSSOS ETERNOS AMIGOS

O hábito popular de comer arroz com feijão é bastante aconselhado pelos especialistas em saúde e bem-estar.

Não é atoa que esse é considerado o prato característico do brasileiro e isso se deve justamente a sua importância em nossa alimentação.

Isso por que esses dois alimentos se complementam, especialmente com relação às proteínas (a que falta em um, tem no outro).

Mas, e quanto à frequência e quantidade? Bom, a alimentação saudável dicas nos diz que se deve consumir essa combinação ao menos cinco vezes na semana, sempre respeitando a proporção de 2 colheres de arroz para cada 1 de feijão.

EVITE GORDURAS E FRITURAS E TENHA UMA MAIOR QUALIDADE DE VIDA


Consumir alimentos ricos em gorduras em excesso tende a provocar o aparecimento de doenças como a obesidade, pressão alta, diabetes, enfim.

Por isso, faça uma reeducação alimentar em sua vida e busque diminuir ao máximo a ingestão de alimentos ricos em gorduras ruins, especialmente quando envolver frituras.

Algumas dicas interessantes nesse sentido são:

  • Fique atento aos rótulos dos alimentos e escolha aqueles com menores quantidades de gorduras trans;

  • Reduza o consumo de alimentos gordurosos, como carnes com gordura aparente, embutidos (salsicha, linguiça, salame, presunto, mortadela), queijos amarelos, frituras e salgadinhos, para, no máximo, uma vez por semana;

  • Evite cozinhar com margarina, gordura vegetal ou manteiga;

  • Use azeite de oliva para temperar saladas, sem exagerar na quantidade. Caso queira usar em preparações quentes, utilize depois de pronto, porque há perda nutricional quando é aquecido;

  • Na hora da compra, dê preferência às margarinas sem gordura trans ou às marcas com menores quantidades desse ingrediente.

MODERE O CONSUMO DE ÓLEO EM CASA

Você sabia que o ideal em uma alimentação saudável é usar um litro de óleo para cada três pessoas da casa durante o mês todo?

Tal medida serve para lhe guiar sobre a quantidade de óleo que deve ser usada no preparo dos alimentos.

Se puder usar menos óleo, até melhor. O recomendado é não utilizar óleo demais, já que esse em excesso acarreta em inúmeros malefícios a saúde.

Ah e uma ótima dica é adquirir azeite ou óleos vegetais mais saudáveis, como o de canola, girassol, milho, algodão e soja.

REALIZE AO MENOS TRÊS REFEIÇÕES NO DIA

Independentemente se você quer saber como ter uma alimentação saudável para emagrecer ou simplesmente para mudar sua vida, saiba que ficar longos períodos sem comer é péssimo.

Pular refeições é um hábito alimentar que só prejudica a nossa saúde e sendo assim, evite ficar em jejum.

Essa regra vale especialmente para o café da manhã, que é a refeição mais importante do dia e infelizmente muitos de nós pula.

O ideal é comer mais vezes durante o dia, mas em volumes menores, ou seja, aumentar a frequência e diminuir a quantidade.

As pessoas que ficam muitas horas sem comer sentem muito mais fome e acabam comendo de forma exagerada.

O mesmo acontece para aqueles não tem hora certa para comer ou “pulam” refeições, fazendo com que na fome ingira alimentos menos saudáveis.

Pensando nisso, algumas dicas são bem úteis:

  • Lembre-se de saborear suas refeições, comendo devagar e mastigando bem os alimentos, pois aumenta a saciedade e melhora a digestão;

  • Prefira alimentos saudáveis e naturais, diminuindo o consumo de sal, gordura, açúcares em geral (doces, refrigerante, bolachas recheadas…), salgadinhos e outros alimentos industrializados;

  • Procure manter um planejamento para sua alimentação saudável cardápio, no qual cozinhar porções para a semana toda pode ajudar e muito.

Prontinho, agora você já está meio caminho até uma alimentação mais saudável e assim uma maior qualidade de vida.

Mas, não se esqueça de que para todas essas dicas serem úteis, é de suma importância hidratar-se corretamente e manter um estilo de vida ativo, certo?!


Deixe sua resposta!