Rouquidão – CID 10: R49.0

Rouquidão é definida como qualquer mudança no carácter vocal. É uma patologia provocada por alterações da mucosa de qualquer das partes da laringe, sendo as cordas vocais a zona que mais sintomatologia costuma dar.

Não é transmissível.

A visualização da laringe durante a fonação é fundamental para a avaliação precisa da disfonia e deve ser incorporada ao exame físico. Isso pode ser realizado por meio do espelho de Garcia (laringoscopia indireta) ou de endoscópios (rígidos ou flexíveis). Deve-se atentar para a motilidade das pregas vocais e procurar alterações na sua mucosa, como hiperemias, edemas ou lesões epiteliais.

O tipo de disfonia depende da causa. Outros sintomas associados são: cansaço vocal, soprosidade, dor e dificuldade para engolir.

Convém evitar as famosas soluções caseiras (gargarejos, mascar gengibre, chupar gelo ou beber pequenas doses de bebidas alcoólicas). Ao trazerem sensação de alívio parcial, essas medidas podem mascarar a doença de base ? da qual depende o tipo de tratamento a ser seguido.

Um conjunto de medidas de “higiene vocal” ajuda a prevenir alterações da voz. Como em qualquer problema de saúde, também nessa área a prevenção é o melhor caminho. Na medida do possível deve-se: – Evitar o hábito de fumar (inclusive o passivo), as drogas e as bebidas alcoólicas, as mudanças bruscas de temperatura, os abusos vocais, o contato com produtos químicos, o ar condicionado, líquidos e alimentos excessivamente gelados. – Falar pouco, principalmente ao telefone. – Usar microfones quando falar em ambientes amplos ou acusticamente inadequados. – Controlar os hábitos de pigarrear, tossir, sussurrar ou cochichar. – Nunca falar ou cantar quando a voz estiver rouca. – Adotar uma dieta equilibrada. – Consumir com moderação: refrigerantes, água com gás, chocolate, café, leite e derivados. – Beber, pelo menos, 2 litros de água por dia. – Ingerir maçãs e frutas cítricas (salvo quando há sintomas de refluxo gastresofágico, como queimação no estômago, azia e gases). – Tratar eventuais alergias respiratórias. – Praticar esportes suaves (natação, caminhadas). – Procurar não usar roupas muito justas.

Deixe uma resposta