em ,

EPILEPTIL Comprimido

Não tome remédio antes de ir a um médico

Potente anticonvulsante, ansiolítico (remédio para tratamento da ansiedade) e relaxante muscular. Uso Oral.

As benzodiazepinas atuam como depressores do SNC, produzindo todos os seus níveis de depressão, desde uma leve sedação até hipnose, dependendo da dose. Calcula-se que o clonazepam estimule os receptores de GABA (ácido gama aminobutírico) no sistema reticular ativador ascendente. Dado que o GABA é inibidor, a estimulação dos receptores aumenta a inibição e bloqueia a excitação cortical e límbica, após estimular a formação reticular do talo cerebral. É absorvido no trato gastrintestinal. A eliminação do fármaco é lenta, pois os metabólitos ativos podem permanecer no sangue vários dias e inclusive semanas, com efeitos persistentes.

Indicações: Tratamento de distúrbios epilépticos. Transtornos de ansiedade: distúrbio do pânico e fobia social. Tratamento dos transtornos do humor: transtorno afetivo bipolar (tratamento da mania) e depressão maior (adjuvante de antidepressivos). Síndromes psicóticas: tratamento da acatisia. Tratamento da síndrome das pernas inquietas. Tratamento da vertigem e sintomas relacionados à perturbação do equilíbrio. Tratamento da síndrome da boca ardente.

Contraindicações: História de sensibilidade aos benzodiazepínicos ou a qualquer componente da fórmula; pacientes com insuficiência respiratória grave ou com evidência significativa de doenças hepáticas e pacientes com glaucoma agudo de ângulo fechado.

Precauções: Extrema cautela em pacientes com insuficiência hepática. Pacientes com intolerância à galactose não devem tomar esta medicação e devem avisar o médico. Pacientes com risco de depressão e/ou tentativa de suicídio devem ser mantidos sob supervisão rigorosa. Evitar o consumo de álcool e outros depressores do SNC durante o tratamento. No tratamento em longo prazo em crianças, deve-se avaliar a relação risco-benefício devido aos possíveis efeitos adversos sobre o desenvolvimento físico e mental, que podem não se evidenciar por muitos anos. Este medicamento não deve utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica (categoria C). Mães que estejam amamentando não devem utilizar.

Efeitos colaterais: Os pacientes geriátricos ou debilitados, as crianças e os pacientes com distúrbios hepáticos são mais sensíveis às benzodiazepinas no SNC. Podem ocorrer enjoos ou sensações de enjoos, sonolência e, raramente, alterações de comportamento, alucinações, erupções cutâneas ou prurido, cansaço ou debilidade não habituais, distúrbios de micção.

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DROCEF Pó para suspensão oral

EPIVIR Comprimido