Hidrocele Testicular – Cid 10: N43.3

A hidrocele testicular, congênita ou adquirida, manifesta-se pelo acúmulo anormal de líquido ao redor do testículo. A congênita é observada na infância e, na maioria dos casos, está associada a uma hérnia inguinal. Ocorre pela passagem de líquido existente no abdome para o interior do escroto, através de um conduto de comunicação entre ambos.

Não informado

Nota-se um aumento não doloroso (mas muitas vezes desconfortável) do escroto uni ou bilateralmente. O aumento varia de dimensões (hidrocele comunicante). Ao exame físico, percebe-se o aumento do volume do escroto impedindo a individualização do testículo. Com o auxílio de uma lanterna e em ambiente escuro, nota-se que o conteúdo do escroto transilumina, logo se trata de um conteúdo líquido e não sólido. Caso haja dúvidas diagnósticas, uma ecografia escrotal pode ser solicitada. Com isso teremos detalhes do testículo e visão dos demais componentes do saco escrotal.

Veja também

Há poucos sintomas claros. O acúmulo de líquido é lento e a dor, discreta. Nas hidroceles de grande volume, costumam surgir dermatites, capazes de prejudicar o coito e a micção. O escroto afetado apresenta-se com tamanho aumentado e endurecido – o tamanho e a consistência variam com a quantidade de líquido acumulada. Na maioria dos casos, o testículo situa-se atrás da tumoração líquida. Nos casos crônicos, a inflamação traz como conseqüência um acentuado espessamento das camadas que envolvem os testículos, o que impede a palpação do conteúdo escrotal.

A regressão espontânea da hidrocele pode ocorrer após o fechamento (obliteração) do conduto de comunicação entre a cavidade abdominal e o interior do escroto. Tal fato é comum nos primeiros meses de vida, quando os vasos linfáticos do escroto atingem seu desenvolvimento completo. Por isso, em geral se espera que o paciente complete pelo menos um ano de idade antes de se decidir pela intervenção cirúrgica. No entanto, caso a hidrocele esteja associada com hérnia, a correção cirúrgica deve ser feita tão logo se anuncie o diagnóstico.

São desconhecidos fatores de risco para a hidrocele (fatores que aumentam as chances do indivíduo apresentar hidrocele), não havendo medidas preventivas outras a não ser as de evitar processos infecciosos gerais.

Deixe uma resposta