LOSARTANO Comprimido

Não tome remédio antes de ir a um médico

Anti-hipertensivo. Uso Oral.

É o primeiro derivado de uma nova geração de medicamentos denominados antagonistas da angiotensina II (ATII), que desenvolve um efeito gradual e prolongado sobre os valores sisto-diastólicos de indivíduos hipertensos. Trata-se de uma substância sintética de estrutura química original befeniltetrazol, de natureza não-peptídica, que pela sua semelhança estrutural compete com o receptor específico da angiotensina II, inibindo, dessa forma, sua ligação com esse agonista endógeno.

Indicações: Hipertensão arterial essencial leve a moderada. Insuficiência cardíaca congestiva.

Veja também

Contraindicações: Crianças. Gravidez e lactação. Hipersensibilidade a losartana.

Precauções: Quando houver confirmação de gravidez, o tratamento com losartana potássica deve ser suspenso o mais rapidamente possível. Aconselha-se empregar com precaução em pacientes com insuficiências renal ou hepática grave, estenose da artéria renal e antecedentes de alergia ou hipersensibilidade. Pode ter sua ação aumentada por: diuréticos; outros medicamentos que causam hipotensão. Pode ter sua ação diminuída por: simpaticomiméticos. Não fazer exercícios exagerados (risco de desidratação).

Efeitos colaterais: Cãibras, Congestão nasal; dor nas costas; dor nas pernas; infecção das vias aéreas superiores; Tonturas; sinusite.

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Deixe uma resposta