Papiloma Laríngeo – Não informado

É um tumor benigno que, na laringe, pode ocorrer em crianças e em adultos. A criança afetada pelo mal começa apresentando voz ou choro rouco; em seguida, instalam-se a tosse, a falta de ar e o ruído durante a respiração (estridor) progressivos. No adulto, o papiloma é considerado potencialmente pré-maligno e tem como sintoma predominante a rouquidão. As lesões do papiloma de laringe, cujo nome técnico é “papilomatose laríngea”, têm aspecto característico de couve-flor e podem ser extensas, especialmente em crianças. É provocado por um vírus chamado papilomavírus.

Não registrado

Veja também

Em geral, é uma afecção de difícil controle, tendendo à recorrência. O tratamento clássico prevê a remoção das lesões por microcirurgia da laringe. A qualidade vocal, em geral, piora devido às múltiplas remoções e consequentes cicatrizes. Em primeiro lugar, o médico procura privilegiar a manutenção da via aérea, para possibilitar a respiração; em segundo lugar, vem a qualidade da voz. A fonoterapia pode contribuir para a melhora desta, porém de modo limitado. Em adultos, devido à possibilidade da associação da infecção pelo papilomavírus ao desenvolvimento do câncer de laringe, é necessário acompanhamento clínico continuado após a cirurgia.

Não registrado

Deixe uma resposta