Por que choramos quando cortamos cebola?

Se você já cozinhou alguma vez em sua vida sabe, que até mesmo quem não gosta de cebola acaba achando que o bife fica com um gosto diferente se não tem uma cebolinha acompanhando, e, se ela for bem cozida, até quem mais tem nojo come sem saber e acha bom. Vou admitir, sou um desses.

Os únicos pontos ruins da cebola é que se você comer ela um pouco crua, o seu halito não vai ser o melhor com certeza, e o pior não é isso, descascas e cortar a cebola é a pior das tarefas, você vai chorar como se estivesse lembrando daquele romance da sua infância.

Muitas pessoas dizem que o que faz chorar é o suco da cebola que é jogado para o ar quando ela é coratada, mas isso obviamente não é verdade, pois os pingos teriam que ser praticamente esguichados para alcançar a altura do olho em relação a altura média de uma mesa.

Por que tanto choro?


Para se desenvolver, assim como todos os seres vivos, a cebola precisa do enxofre e este fica em seu interior para sempre. Quando cortamos a cebola, o enxofre é liberado e misturado com outros compostos que acabam gerando um gás, esse gás, quando encontra as lagrimas já existentes para proteger o olho formam o ácido sulfúrico.

O principal meio de defesa dos olhos são as lágrimas, que tentam manter o globo ocular longe de bactérias e substancias estranhas. O ácido sulfúrico alcança facilmente os olhos, que assim que percebem que podem estar expostos a um gás estranho, começam a se proteger mandando avisos para o cérebro para que este estimule as glândulas lacrimais, que são as responsáveis pela liberação das lágrimas.

Como evitar ir aos prantos?

Para se livrar da choradeira podemos passar algumas dicas, algumas podem parecer absurdas, mas funcionam de qualquer maneira.


Usar um ventilador pros gazes não chegarem aos olhos; Cortar a cebola em água corrente para que o ácido sulfúrico não chegue aos olhos; Cozinhar a cebola antes de corta-la; Usar um cortador de cebolas ou usar óculos.

Deixe sua resposta!