SPIROCTAN Comprimido

Não tome remédio antes de ir a um médico

É diurético (aumenta a quantidade de urina), eliminando sal e água do corpo. Age reduzindo o volume de líquido e o débito cardíaco ao promover a diurese ao nível renal. Uso Oral.

Ambos os efeitos, diurético e anti-hipertensivo, ocorrem pela ação de bloqueio do intercâmbio de sódio por potássio no túbulo distal renal, o que provoca um aumento na secreção de água e sódio e a retenção de potássio. A espironolactona é um inibidor competitivo da aldosterona. É bem absorvida por via oral, com uma biodisponibilidade maior que 90%. Sua união às proteínas é muito alta (90%). Metaboliza-se rapidamente no fígado em canrenona (metabólito ativo eliminado por via renal).

Indicações: Estados edematosos (insuficiência cardíaca congestiva, cirrose hepática e síndrome nefrótica). Coadjuvante no tratamento da hipertensão. Diagnóstico e tratamento a curto e longo prazo do hiperaldosteronismo primário. Prevenção e tratamento da hipopotassemia. Hirsutismo feminino. Ovários policisticos.

Veja também

Contraindicações: Gravidez (risco C); presença de valores superiores a 5,5 mEq/L de potássio no sangue.

Precauções: Evite comer alimentos ricos em potássio (Exemplos: banana, laranja, melão e tomate), o uso de substitutos do sal e outros suplementos de potássio. Nos idosos pode haver maior risco de desenvolver hiperpotassemia. Doses maiores que 100mg/dia podem produzir efeitos endócrinos ou antiandrogênicos. A espironolactona pode aumentar os efeitos de outros anti-hipertensivos (exemplos: captopril, enalapril, lisinopril, ramipril), causando queda da pressão arterial e mal estar e aumentar os níveis de potássio no sangue.

Efeitos colaterais: Podem aparecer sinais de hiperpotassemia (arritmias cardíacas), náuseas, vômitos, diarreia. Aumento mamário; aumento do potássio no sangue; cansaço; coceira; confusão mental; dor de cabeça; erupção na pele; febre; impotência; irritação gastrintestinal; menstruação irregular; sonolência; perturbação dos movimentos.

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Deixe uma resposta