Entendendo os Testes de Gravidez

Na pratica, existem dois tipos de testes de gravidez: o de urina e de sangue. Todos dois procuram pelo “hormônio da gravidez” para chegar a um diagnóstico.

Ao contrário do que muita gente pensa, os testes de gravidez de farmácia são bastante confiáveis, se forem feitos corretamente, mas o ideal é sempre fazer um enxame ao sangue para ter a confirmação definitiva.

Quando a placenta se está em formação, o organismo, produz um hormônio chamado hCG (Gonadotropina Coriónica humana) e é justamente este hormônio que os testes de gravidez feitos através da urina, que se compram nas farmácias, ou os testes de gravidez feitos através de uma análise ao sangue, detectam.

Os testes imunológicos, feitos através da análise de urina, geralmente, só detectam esta hormônio após 4 a 14 dias da falta da menstruação e nunca após a concepção.

Os teste de farmácia devem ser realizados com a primeira urina da manhã, você saberá o resultado em 5 minutos. Se der negativo, pode ser um falso negativo. Assim, o melhor é esperar chegar até os 14 dias e voltar a fazer o teste.

Se der positivo, parabéns! É muito raro ser um falso positivo, mas pode acontecer. O melhor é consultar o seu médico para confirmar os resultados.

Os testes enzimáticos (ELISA), feitos através de uma análise de sangue, são mais seguros, podendo dar conta de uma gravidez 12 dias depois da concepção.

Uma sugestão que o Quero Engravidar lhe dá, caso pressinta que está grávida, é dirigir-se ao seu médico e pedir para fazer análises nesse sentido.

Veja Também:

Deixe uma resposta