TRACRIUM Solução Injetável

Não tome remédio antes de ir a um médico

Propicia o relaxamento muscular esquelético durante cirurgias. Uso Adulto.

É um agente curarizante similar ao mivacúrio que age sobre a ligação neuromuscular provocando o miorrelaxamento esquelético, o qual é aproveitado na cirurgia como complemento dos fármacos anestésicos. Provoca bloqueio neuromuscular completo entre 1 e 2 minutos por um mecanismo de competição não-despolarizante. É administrado unicamente por via intravenosa, difunde-se no sangue e possui uma elevada ligação com proteínas séricas (82%). Difunde-se com rapidez pelos tecidos mas não atinge o SNC.

Indicações: Utilizado para relaxar os músculos durante cirurgias, e durante internação em Unidades de Terapia Intensiva (UTI). Também pode ser usado para facilitar a inserção de um tubo em sua traqueia no caso do paciente precisar de ajuda mecânica para respirar.

Contraindicações: Reação alérgica ao atracúrio ou algum outro relaxante muscular. Gravidez ou amamentação. Atividade colinesterásica plasmática anormal. Asma; severos distúrbios eletrolíticos.

Precauções: Não deve ser administrado até que o paciente fique inconsciente. Deve-se ter especial precaução, ou evitar o uso, em pacientes que apresentem suspeita de serem homozigotos para o gene da colinesterase plasmática atípica. A doença renal e hepática pode prolongar o efeito farmacológico.

Efeitos colaterais: Enrubescimento, hipotensão, taquicardia, bradicardia, arritmia, flebite, broncospasmo, hipoxemia, erupção, urticária, eritema, bloqueio neuromuscular prolongado, tonturas, espasmo muscular.

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Veja Também:

Deixe uma resposta