TRIATOP Xampu

Não tome remédio antes de ir a um médico

Infecções micóticas da pele, couro cabeludo e unhas. Uso Tópico Capilar.

Trata-se de uma droga fungistática, que pode ser fungicida, na dependência de sua concentração. Inibe a biossíntese de ergosterol ou outros esteróis, causando lesão da membrana celular do fungo e alterando sua permeabilidade; inibe a biossíntese de triglicerídeos e fosfolipídeos dos fungos e a atividade enzimática oxidativa e peroxidativa. Em candidíase por C. albicans, inibe a transformação dos blastosporos em sua forma micelial invasiva. É absorvida com facilidade por via oral, e liga-se principalmente à albumina plasmática. É metabolizada no fígado e sua concentração máxima é alcançada de 1 a 4 horas após a sua administração. Sua eliminação é feita principalmente por via biliar; 13% são eliminados por via renal. Também é eliminada no leite materno.

Indicações: Candidíase (monilíase) vaginal; candidíase orofaringeana; candidíase disseminada; candidíase mucocutânea; casos graves de: tinea versicolor (pitiríase), tinea corporis, tinea cruris, tinea pedis (pé de atleta); dermatite seborreia.

Veja também

Contraindicações: Não deve ser administrado a pacientes com patologia hepática aguda ou crônica nem a pacientes com hipersensibilidade conhecida à droga.

Precauções: Evitar a ingestão de bebidas alcoólicas. A relação risco-benefício deverá ser ponderada em casos de: acloridria, alcoolismo ativo ou tratado ou na disfunção hepática.

Efeitos colaterais: Aumento das mamas (no homem); calafrio; coceira; cor amarelada na pele ou nos olhos; diarreia; diminuição do número de espermatozoides; dor abdominal; dor de cabeça; febre; fezes esbranquiçadas; fraqueza; irritação; náusea; sensibilidade à luz; sonolência; tontura; urina escura; vômito.

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Deixe uma resposta