Tumor cerebral – Não especificado

O cérebro é um órgão nobre de nosso corpo, responsável por inúmeras funções: comandar os músculos, receber as sensações de frio e calor e enviar informações para outros órgãos. Também é responsável pela fala, memória, aprendizado e sentidos (visão, audição, paladar, olfato e tato). Quando uma célula do cérebro se torna cancerosa, ela pode crescer e dar origem aos tumores cerebrais. Nessa situação, qualquer função do cérebro pode ser alterada, dependendo da área onde o tumor se formou.

Não registrado

A partir da suspeita clínica, o médico solicitará exames de imagem: -Tomografia computadorizada de crânio, com contraste: exame de fácil execução, mas que pode deixar de detectar lesões ou outros focos. -Ressonância magnética de crânio: pode ser feita inicialmente, ou mesmo para complementar dados obtidos pela tomografia. -Biópsia cerebral: realizada por um neurocirurgião

Veja também

Os sintomas estão muito mais relacionados à presença mecânica que os tumores causam dentro da caixa craniana e ao conseqüente inchaço decorrente dessa situação. São sintomas: dores novas de cabeça, vômitos, alteração de humor e personalidade, alteração na habilidade de pensar e compreender, e crises convulsivas. Mais uma vez, os sintomas vão depender de onde o tumor surgiu e qual área do cérebro foi afetada.

A cirurgia deve ser sempre tentada, para a retirada da maior quantidade possível de tumor, desde que isso não acarrete risco à vida. Por vezes, quando não é possível a retirada total do tumor, a cirurgia é realizada apenas para biópsia e identificação do tipo de tumor ou mesmo uma cirurgia de descompressão, para reduzir a pressão dentro do cérebro. Dependendo do tipo e do grau do tumor, tratamentos subseqüentes serão propostos, como radioterapia ou combinação de radioterapia e quimioterapia. O seguimento desse paciente incluirá neurocirurgião, oncologista clínico, radioterapeuta e equipe multiprofissional que deve incluir reabilitação.

Não há nenhum modo de prevenir o desenvolvimento de tumores cerebrais.

Deixe uma resposta