VALERATO DE BETAMETASONA Creme

Não tome remédio antes de ir a um médico

Desaparecimento ou controle da lesão inflamatória da pele. O alívio dos sintomas e sinais da inflamação, como prurido (coceira), calor, dor, vermelhidão, edema (inchação), ocorre logo após as primeiras aplicações, desde que feitas de forma adequada. Uso Tópico.

Corticosteróide dotado de grande atividade anti-inflamatória e antipruriginosa. Foi desenvolvido para tratamento das dermatoses inflamatórias responsivas à corticoterapia tópica. O creme hidromiscível, em princípio, é mais adequado para as superfícies úmidas e exsudativas. O componente ativo valerato de betametasona é um corticosteroide sintético. Como outros corticosteróides tópicos, o valerato de betametasona tem propriedades anti-inflamatória, antiprurítica e vasoconstritora. O mecanismo de ação da atividade antiinflamatória dos esteróides tópicos ainda não está claro. Porém, supõe- se que eles atuam através da indução das proteínas inibitórias da fosfolipase A 2, coletivamente chamadas lipocortinas. Pressupõe-se que essas proteínas controlam a biossíntese de potentes mediadores da inflamação como, por exemplo, as prostaglandinas e leucotrienos inibindo a liberação dos precursores do ácido aracdônico.

Indicações: Indicado para o tratamento das seguintes condições: eczema, inclusive atópico, infantil e discoide; psoríase, exceto a psoríase em placa disseminada; neurodermatoses, incluindo líquen simples e líquen plano; dermatite seborreica e dermatites de contato; lúpus eritematoso discoide; eritroderma generalizado. O efeito antiinflamatório é igualmente útil para o controle de picadas de inseto, queimadura solar e miliária rubra.

Contraindicações: Hipersensibilidade ao fármaco. Acne rosácea e vulgar, dermatite perioral. Infecções cutâneas causadas por vírus. Tratamento de lesões primárias da pele por infecções causadas por bactérias ou fungos. Dermatoses em crianças abaixo de um ano de idade, incluindo dermatite comum e dermatite amoniacal.

Precauções: A decisão de instituir a terapia com corticosteróides sempre requer uma cuidadosa consideração dos riscos e benefícios relativos em cada paciente. O uso de corticosteróides tópicos em grandes quantidades, por longo prazo e/ou em áreas extensas do corpo oferece risco de supressão adrenal, principalmente em crianças. A face, mais do que outras áreas do corpo, pode mostrar alterações atróficas após o tratamento com corticosteróides tópicos potentes.

Efeitos colaterais: Tratamento intenso e prolongado com preparações de corticosteróides potentes pode determinar alterações atróficas da pele, tais como estrias, adelgaçamento da pele e dilatação dos vasos superficiais, especialmente quando se utiliza tratamento oclusivo ou aplicação sobre dobras da pele.

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Veja Também:

  • DERMOVAT CremeDERMOVAT Creme Não tome remédio antes de ir a um médico Desaparecimento ou controle da lesão inflamatória da pele. O alívio dos sintomas e sinais da inflamação, como prurido (coceira), calor, dor, […] Posted in Medicamentos, Uso Tópico
  • BETNOVATE CremeBETNOVATE Creme Não tome remédio antes de ir a um médico Desaparecimento ou controle da lesão inflamatória da pele. O alívio dos sintomas e sinais da inflamação, como prurido (coceira), calor, dor, […] Posted in Medicamentos, Uso Tópico
  • BETADERM CremeBETADERM Creme Não tome remédio antes de ir a um médico Desaparecimento ou controle da lesão inflamatória da pele. O alívio dos sintomas e sinais da inflamação, como prurido (coceira), calor, dor, […] Posted in Medicamentos, Uso Tópico
  • STERONIDE CremeSTERONIDE Creme Não tome remédio antes de ir a um médico Anti-inflamatório tópico. Uso Tópico. A Desonida é um corticosteroide não fluorado de ação anti-inflamatória, antipruriginosa e […] Posted in Medicamentos, Uso Tópico

Deixe uma resposta