em ,

VALIUM Comprimido

Não tome remédio antes de ir a um médico

Medicação sedativa. Uso Oral.

O Diazepam faz parte do grupo dos benzodiazepínicos e possui propriedades ansiolíticas, sedativas, miorrelaxantes, anticonvulsivantes e efeitos amnésicos. Sabe-se atualmente que tais ações são devidas ao reforço da ação do ácido gamaaminobutírico (GABA), o mais importante inibidor da neurotransmissão no cérebro. O Diazepam é rápido e completamente absorvido após administração oral, atingindo a concentração plasmática máxima após 30 a 90 minutos. Por via intramuscular, a absorção é igualmente completa embora nem sempre mais rápida que por administração oral. O Diazepam e seus metabólitos são eliminados principalmente pela urina (cerca de 70%), sob a forma livre ou predominantemente conjugada. A eliminação pode ser prolongada no recém-nascido, nos idosos e nos pacientes com comprometimento renal ou hepático, devendo-se lembrar de que a concentração plasmática pode, consequentemente, demorar em atingir o estado de equilíbrio dinâmico.

Indicações: Tratamento da ansiedade. Relaxante muscular. Alívio sintomático da abstinência alcoólica aguda. Anticonvulsivante e pré-anestésico, quando usado por via endovenosa. Sedativo em endoscopia, cardioversão e procedimentos cirúrgicos menores.

Contraindicações: Contraindicado em casos de hipersensibilidade aos benzodiazepínicos, gravidez, hipercapnia grave, glaucoma de ângulo estreito, miastenia. Crianças com menos de 6 meses de idade (apresentação oral); crianças com menos de 30dias (nenhuma apresentação: seja oral ou injetável); durante a gravidez; mulher amamentando.

Precauções: Utilizar doses menores em idosos. Potencializa os efeitos do álcool. Uso prolongado pode ocasionar reações de abstinência e dependência, razão pela qual a suspensão da droga deve ser gradual.

Efeitos colaterais: Alteração do desejo sexual; alucinação; ansiedade; boca seca; confusão mental; cor amarelada na pele ou nos olhos; distúrbios do sono; dor de cabeça; erupção na pele; excitação; fadiga; fala enrolada; fraqueza muscular; náusea; parada respiratória (após injeção intravenosa muito rápida); perda de memória; problema de acomodação visual; problema no fígado; problema urinário; queda de pressão ao se levantar; sonolência; tontura; tremor; vertigem; visão borrada.

Atenção: O uso de qualquer medicamento só deve ser feito por recomendação e orientação de um médico, essas informações são de caráter meramente educativos e não substituem em hipótese alguma a avaliação de um especialista médico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

VALFIRAN Solução Tópica

VIAGRA Comprimido